Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Cão guardou a campa do dono durante dez anos

Capitán é o nome do cão mais conhecido em Villa Carlos Paz, uma província de Cordoba, na Argentina. O animal morreu no mesmo cemitério onde o dono está sepultado, depois de ter passado dez anos a guardar o seu túmulo.

cão guarda campa do dono

"Nunca vi uma coisa assim", disse a florista do cemitério, recordando em lágrimas Capitán, que com 16 anos, depois de vários problemas de visão e complicações articulares, morreu. O cão foi uma prenda surpresa de Miguel Guzmán ao filho Damián.

 

Um ano depois, em 2006, Miguel morreu e o cão desapareceu de casa e a família pensou que tinha morrido ou fora adotado por outras pessoas, até que o encontraram no cemitério, deitado no túmulo de Miguel.

 

"De certeza que veio procurar o dono", disse a florista. Tendo em conta que o cão viveu grande parte dos últimos dias no cemitério, várias pessoas pedem para que os restos mortais do animal sejam depositados no cemitério. Para que isso seja possível, será necessária uma autorização especial.

 

Espero que consigam a autorização especial, pela sua lealdade e sentimento durante anos merece ficar junto do seu dono. Apoio para que assim se faça.

 

Histórias que acontecem #1

supermercado

 

Hoje fui ao supermercado e estava lá um senhor a falar com a funcionária sobre animais. Ele falava que não queria ter mais animais porque ficava muito triste e que não estava preparado para sofrer e já tinha sofrido muito. Dei um sorriso e disse:

 

- Mas porque? Desculpe mas não deve desistir, sei que é dificil, sofremos muito. Mas se desistimos de ter animais, quem os vai proteger dos perigos da rua e das pessoas que fazem mal? - Quem melhor que nós que gostamos de animais para dar amor e proteção?

 

Ele simplemente concordou comigo mas mesmo assim manteve a decisão de não ter mais, mesmo sentindo falta de ter animais diz que prefere não sofrer. Bem, são decisões de cada um.

 

Acho que não se deve desistir, mas também concordo que se deve primeiro fazer o luto e só depois pensar noutro animal. No inicio é muito dificil, mas depois com o tempo ficam as memórias e boas lembranças.

 

Animais que mais vivem no mundo

Quando pensamos nos animais que mais vivem no mundo, sem dúvida, imaginamos uma tartaruga ou um elefante. No entanto, há outras espécies ainda mais longevas. Vamos conhecer quais são os animais que mais sopram as velinhas de aniversário.


Água viva imortal

Segundo os cientistas, esta espécie chamada Turritopsis dohrnii tem a capacidade de rejuvenescer por si mesma em um ciclo sem fim. Quando chega à etapa da velhice, passa por um processo no qual se transforma em um exemplar mais jovem e, assim, novamente até o infinito. Por isso se diz que ela nunca morre.

água viva

 

Esponja da Antártida

Seu nome científico é Clathrina broendstedi, em homenagem a um pesquisador dinamarquês chamado Holger Brondsted, o qual se dedicou a estudar o Mar de Weddel, na Antártida. Trata-se de uma criatura imóvel que sobrevive nas temperaturas mais baixas do planeta, no mais profundo do oceano. Os exemplares mais antigos que puderam ser observados, vivem em média 1,5 mil anos. Tem uma taxa de crescimento muito lenta.

Esponja da Antártida

 

Tartaruga de Galápagos

As tartarugas das Ilhas Galápagos são as que mais vivem de toda a espécie. Chegam aos 250 anos, aproximadamente.

Tartaruga de Galápagos

 

 

Baleia da Groenlândia

Conhecida também como Baleia Boreal, é um grande mamífero marinho que pode medir até 18 metros e pesar 100 toneladas. Vive nas águas árticas e subárticas e não migra para muito longe para se alimentar ou se reproduzir. É de cor preta ou cinza escuro e está revestida com uma grossa capa de gordura para sobreviver no frio. Alguns exemplares das Baleias da Groenlândia têm vivido em torno de 200 anos.

Baleia da Groenlândia

 

Ouriço vermelho

Popularmente conhecido como “Ouriço vermelho” devido a sua cor (que pode também ser rosa, laranja ou púrpura), vive desde o Alasca até a Baixa Califórnia (Oceano Pacífico), a 100 metros de profundidade, e em áreas rochosas protegidas das ondas extremas e repletas de bosques de algas.

Seu corpo está coberto de espinhos de até 8 cm de comprimento, não tem olhos visíveis e sua boca tem 5 dentes. Ainda que sua expectativa de vida seja de 30 anos, foram encontrados vários exemplares com mais de 200 anos de idade.

Ouriço vermelho

 

Peixe Koi

Certamente você conhece a este grande peixe típico das lagoas asiáticas e que apresentam uma longa cauda em forma de “véu”, bem como também chamativas cores. Ainda que sejam originários da China, ficaram famosos por causa do Japão. É uma variedade ornamental doméstica da carpa comum e, em estado selvagem, vive nos Mares Aral e Cáspio.

O koi é sinônimo de boa sorte, e apareceram pela primeira vez na Dinastia Qing (China) e na Era Yayoi (Japão). São peixes muito resistentes e podem viver cerca de dois séculos.

Peixe Koi

 

Tuatara

O último dos animais que mais vivem desta lista pertence ao grupo dos répteis endêmicos e vive nas ilhas próximas a Nova Zelândia. Seu nome significa “costas espinhosas” no idioma maori, é similar à uma iguana e pode medir 70 cm de comprimento. Come insetos, ovos, crias de aves, caracóis e lagartos. Por ter sangue frio, precisa tomar sol por várias horas. Sem dúvida, um dos animais que mais vivem no mundo, chegando aos 200 anos.

Tuatara

 

Frases sobre animais #52

frases