Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos de Rua #2

Amigos de Rua é uma rubrica de animais amigos que encontro na rua e fotografo, gosto de fazer amizade com os animais que encontro e fazer umas festinhas também. Encontrei estes cavalos, além de serem lindos acho esses animais encantadores. Super elegantes de uma tom cinza adorável.

ScreenShot001.jpg

 

As origens dos cavalos

tarpan1.jpg

 

Os cavalos são criaturas magníficas que simbolizam beleza, elegância e força. O homem se beneficiou, ao longo da história, desse majestoso animal, mas você já se perguntou alguma vez pelas origens dos cavalos? O cavalo que conhecemos na atualidade levou um processo de evolução de aproximadamente 50 milhões de anos. Entretanto, no início ele não tinha as enormes dimensões que ele tem hoje.

 

Não se tem informação exata das origens do cavalo como animal terrestre, mas a evidência sugere que o parente que todos os cavalos do mundo têm em comum é o Tarpan, um animal já extinto antes do século XIX. É muito difícil rastrear as origens ou antepassados do tarpan, mas acredita-se que ele foi um animal que sobreviveu à glaciação (era de gelo) e que provinha da região norte da América.

 

Devido a um processo migratório (para a atual a Europa e depois para a Ásia) e às mudanças climáticas que aconteceram nos milênios posteriores, a espécie evoluiu em três tipos, sendo o último, o Merychippus, que guardava certa semelhança com os burros atuais. Esse processo de evolução levou 25 milhões de anos. De acordo as condições climáticas e geográficas, os cavalos terminaram adquirindo a estrutura das raças atuais.

 

Lincoln, o maior cavalo da Europa

Com aproximadamente 2,4 metros de altura, Lincoln é considerado o maior cavalo da Europa, destacando-se claramente em relação aos outros de sua espécie.

maior-cavalo.jpg

 

Resgatado, Lincoln sofria de maus tratos e teve que passar por um rigoroso tratamento veterinário para recuperar seu peso e também restabelecer sua saúde. Bem maior do que o normal, ele come 12Kg de cenoura e 25 maçãs, além de alguns maços de espinafre e repolho por dia.

 

Se não tivesse sido adotado, Lincoln muito provavelmente teria sido utilizado na indústria de alimentos para a fabricação de ração. Agora, ele vive confortavelmente em uma fazenda em Cumbernauld, no Reino Unido. E um grande viva para quem o salvou!

 

Uma linda história de resgate sobre um cavalo que agora é feliz!