Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Tiendanimal - 10 anos contigo

“Celebramos 10 anos contigo!” "Com dezenas de ofertas exclusivas!"


xaniversario-landing-head-es.jpg


 


Visite a loja e dê um mimo ao seu animal com as promoções fantásticas de aniversário da nossa loja.


http://www.tiendanimal.pt/


 


xaniversario-landing-15dto-es.jpg


 


Tiendanimal, especialistas em produtos para animais de estimação, com a loja online número um em Espanha.


 


 


Mais de uma década de experiência a oferecer rações, acessórios, produtos de higiene e saúde.


 


Tudo isto para que os amantes de animais possam ter ao seu dispor a melhor qualidade para os seus animais de estimação.


 

5 Curiosidades sobre Animais

E como hoje é sexta é dia das 5 Curiosidades sobre Animais aqui no blog.


Quem quiser pode escolher os animais da próxima sexta é só deixar um comentário.


Aceitam-se sugestões.  Bom fim de semana!


 


 


1- Um gato feliz tem a cauda levantada no ar, com a ponta relaxada, roça-se e aninha-se no colo, faz miados agudos, enquanto “conversa”, e deita-se de costas com os quatro membros estendidos.


cu_g_44_d.jpg


 


2- As tartarugas não têm gênero determinado pelos cromossomos, mas pela temperatura da água onde colocam os ovos. Isso se tornou um problema, porque os oceanos ficam cada vez mais quentes com o efeito estufa.


BBqOLx2.img.jpg


 


3- Não é só o pêlo dos tigres que é listrado. A pele do animal obedece ao mesmo padrão. Esse padrão funciona como uma impressão digital dos tigres, já que as listras de um nunca são iguais às dos outros.


tigre-grande.jpg


 


 4- Os elefantes são muito sociáveis. Quando esses animais cruzam suas trombas, estão dando sinais de carinho mútuo.


elefantes-725x375.jpg


 


5- Os cães interpretam gestos corporais dos humanos de maneiras diferentes, dependendo do contexto e das experiências vividas pelo animal. Um modo de caminhar, um balançar dos braços ou dos ombros podem significar ameaça, levando-o a ladrar.


dog-248260_640.jpg


 

Cães e Gatos na Mesma Casa: É Possível?

cat-and-dog-775116_12802.jpg


 


Durante anos, quando se falava em ter cães e gatos na mesma casa numa convivência pacífica, as pessoas achavam que tal acontecimento era impossível de suceder, devido ao  estilos de vida opostos de ambos os animais. Mas será mesmo impossível manter cães e gatos em harmonia? Claro que pode, os nossos melhores amigos também podem ser os melhores amigos uns dos outros.


Vamos deixar aqui algumas dicas, que poderá utilizar para que os nossos amigos de quatro patas se possam dar bem e poder assim ter cães e gatos em harmonia na sua casa.



1. Tenha paciência (muita…)


O processo de adaptação dos nossos meninos é algo muito importante. Nos primeiros tempos terá de ter algum cuidado para que estes não se ataquem um ao outro, nem se revoltem.


Vigie sempre o cão e o gato quando estiverem juntos, de modo a evitar que algo de mal aconteça, quer entre os animais quer na harmonia de sua casa.



2. O espaço


Quanto maior o espaço deles, maior será a probabilidade dos novos amigos se sentirem à vontade e andarem a brincar um com o outro. Caso o espaço que disponibiliza para eles seja demasiado pequeno, estes poderão sentir ciúmes.


Não se esqueça que existem animais mais tímidos que preferem estar sossegados no seu canto e claro mais ciumentos, que não gostem de partilhar a atenção e o afecto dos donos. O espaço de cada animal deve ser respeitado para que tudo corra bem.



3. A atenção


Não só numa primeira etapa, mas sim em todo o tempo que tenha os seus peludos, terá de dividir a atenção entre eles. Tente dividir a atenção entre os dois, não dê demasiada atenção a um e deixe o outro de lado, pois dessa forma fará com que sintam ciúmes um do outro e a convivência entre eles será problemática.



4. A idade ideal


Poderá juntar cães com gatos em qualquer idade, mas quanto mais tarde os juntar, mais difícil será a adaptação deles um ao outro. Na fase da infância é mais fácil a aprendizagem e a adaptação desta, de modo a que os novos amigos se possam dar bem.



5. Deixe que se conheçam


Numa primeira fase, o cão e o gato vão sentir necessidade de se conhecer, de se cheirar e de brincar. Deixe também que dividam espaços, que dividam a cama, mas nunca os deixe sem vigilância, pelo menos nas primeiras semanas. O primeiro impacto dos nossos amigos deverá acontecer sob muita vigilância e precaução.



6. O cão


Quando o seu cachorro já estava na casa e só mais tarde entrou o gatinho, deverá ter ensinado previamente ao amiguinho mais velho todas aquelas vozes autoritárias: “senta”, “quieto”, “deita”,etc. , para que quando o elemento mais novo da família chegue seja mais fácil “domar” o cachorro. Essas palavras de controlo sobre o cão servirão para o caso deste tentar atacar o gato. Deixe também o cãozinho preso enquanto o felino conhece toda a casa, para que este se habitue a casa e o cão se habitue a presença de outro filhote na casa.



7. O gato


Quando o seu bichaninho é o mais velho na casa, terá de lhe dar o seu espaço na mesma, nos primeiros tempos deixe o comer do gato num local onde o cão não o verá a alimentar-se.


Só quando o seu bichano se sentir confortável com o outro animal é que o poderá colocar junto deste no que toca a alimentação.


A chegada de novos animais a nossa casa é sempre um momento de alegria e satisfação, mas também de stress para que estes se dêem bem, por isso as dicas que deixamos acima podem ajudar a que esse stress seja diminuído. Com algumas precauções tudo será bem mais fácil.

Frase da Semana

14 - 1.jpg


 

Pág. 1/8