Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Brinquedos para brincar


Os gatos adoram brincar! Mas escolha com cuidado os brinquedos, estes devem ser macios para não magoar dentes e garras e grandes o suficiente para não serem engolidos pelo gato.


Qualquer objecto amarrado numa corda pode se tornar um grande atractivo. Mas cuidado!

Brinquedos com cordas só devem ser usados com a sua supervisão, o gato pode se enroscar nela ou até engoli-la, sendo necessário leva-lo ao veterinário porque a corda pode enrolar-se nos intestinos.

Uma pena também pode ser um bom brinquedo, pode fazer cócegas ao seu gato (cuidado com as garras) ou amarrar a pena numa cordinha para ele brincar atrás dela.

Os gatos também adoram bolinhas e brinquedos recheados com catnip. Mas normalmente estes brinquedos não duram muito, são destruídos ou perdem o interesse depois do cheiro do catnip passar.

Um tubo de papel higiénico vazio oferece horas de brincadeiras ao gato, assim como caixas de papelão se tornam excelentes lugares para ele se esconder.

2 regras a não esquecer ao brincar com gatos
 
1º Regra:
Nunca puxe a sua mão rapidamente quando sentir as garras ou dentes na pele. Se fizer isso, o gato só vai apertar ainda mais a pressão e os vestígios da brincadeira ficarão mais profundos e dolorosos. Mesmo se for difícil, aguente durante alguns instantes, logo depois as patinhas irão relaxar-se automaticamente e a boca vai se abrir devagar.

2º Regra:
Não fique logo ofendido, só porque foi arranhado uma vez. Se isso aconteceu, foi sem intenção por parte do gato e nesse caso seria injustiça mostrar-se ofendido. Ou então aconteceu porque irritou ou aleijou o gato e isso é ainda menos motivo para uma punição. Afinal de contas, ele agiu apenas em defesa própria.