Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Cães que deram de presente o próprio coração

cães

 

Anjo caído

Este não é o nome da cadela da qual falaremos a seguir, mas foi o apelido que ela recebeu das pessoas de uma localidade em Campinas, perto de São Paulo. Uma mãe sem coração deixou o seu bebê recém-nascido, ainda com o cordão umbilical, jogado no lixo. Que triste! Mas um anjo canino fez das tripas coração e o recolheu em sua boca, levando-o para a casa mais próxima para pedir ajuda. O bebê foi levado ao hospital e foi salvo.


Clover

Em sua nova casa havia um menino diabético, Rico. Um dia Clover foi à cama da mãe de Rico e começou a empurrá-la com sua pata até que ela despertasse.

A mãe que não entendia o que o animal queria, pensou que possivelmente queria lhe dizer algo sobre Rico e, rapidamente, se dirigiu ao quarto do menino. E que bom! Ao encontrar o menino, ela verificou que tinha baixado os níveis de glicose dele de 118 para 40, algo que poderia matá-lo.


Birillo

Este cão estava na praia com o seu dono quando ouviu os gritos de um menino de cinco anos na água. O cão foi para a água e começou a nadar em busca do menino que se estava se afogando. Quando outro banhista viu, correu em busca do menino. Por fim, o pequeno pôde ser trazido para a areia, mas infelizmente Birillo perdeu sua vida. Entregou seu coração a esse menino que nem sequer conhecia.


Poppy

Poppy é um cão labrador que foi treinado para conviver com pessoas que sofrem ataques epilépticos. Um dia, Poppy começou a lamber a sua dona no pescoço, de forma desesperada, conseguindo que esta se deitasse no sofá. Ele fez isto porque sentiu que sua dona iria ter um ataque epiléptico e a posição em que estava sentada não era segura.

 

Sem dúvida, os cães nos entregam seu coração mesmo que nós não saibamos. Em muitas ocasiões, eles demonstraram ter mais amor e sentimentos que muitos seres humanos. Por isso, se os cães estão dispostos a fazer coisas tão heróicas como estas, você não acha que deveríamos corresponder a isto com o nosso amor e com cuidados incondicionais?