Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Diarreia em Cães e Gatos

O que pode ser considerado diarreia?

Qualquer fezes que tenham um formato indefinido, sem forma de fezes normais ja é considerada diarreia. As mais firmes são as pastosas e as mais moles são as líquidas.



O que é isso nas fezes?

Junto com a diarreia outras coisas podem sair nas fezes do seu animal, como sangue, muco (aquela "gelatina"), restos de comida, partes de corpo estranho (brinquedos, tecidos, etc), gordura, vermes, entre outras.


O que causa a diarreia?

Existem varias causas para a diarreia. Algumas praticamente inofensivas e outras extremamente graves. Algumas causas são: Parasitas intestinais (principalmente em filhotes), mudança brusca na alimentação, ingestão de objetos, ingestão de alimentos que não fazem parte da dieta normal do pet, excesso de comida, doenças metabólicas, doenças do trato gastrointestinal, infecções no trato gastrointestinal, viroses (como a Parvovirose), envenenamento, entre outras.


Por que a diarreia é grave?

A diarreia deve ser tratada com seriedade por ser um sintomas de algumas doenças graves como as citadas anteriormente, e pelo fato de que por si só ela pode matar por desidratação e até anemia, no caso das diarreias com sangue.

Em filhotes e animais idosos, a anemia ocorre muito depressa e sem aviso, bastam alguns episódios e diarreia e pronto.
Apenas 12% de desidratação já pode levar um animal ao choque e à morte!


Como evitar a diarreia?

Em caso de diarreias por parasitas intestinais, a prevenção é manter o seu animal com o vermífugo em dia. Normalmente isso significa uma dose a cada 6 meses para os cães adultos nos centros urbanos. Mas para cada animal existe um protocolo diferente que só pode ser calculado pelo Médico Veterinário.


No caso de diarreias causadas por infecções virais como a Cinomose e a Parvovirose, que são doenças muito graves e normalmente fatais, a prevenção é a vacinação anual. Não atrase e não vacine sem que seja com um Médico Veterinário!

A única pessoa capaz de vacinar seu Pet com segurança e conhecimento.

Evite sempre deixar brinquedos, medicamentos e outros objetos espalhados pela casa. Lembre-se de que o animal racional é você, então é sua responsabilidade tirar tudo que pode fazer mal a ele de seu alcance.
Jamais medique seu Pet sem se informar antes com um Médico Veterinário!