Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

O Jovem e as estrelas-do-mar

Numa praia sossegada, perto de uma colônia de pescadores, morava um escritor.
Todas as manhãs passeava pela praia, admirando as ondas. Assim inspirava-se e durante a tarde, escrevia os seus livros.


Um dia, ao caminhar pela areia, viu alguém irrequieto. Chegou mais perto e viu que era um jovem na areia a pegar em algumas estrelas-do-mar, uma a uma, devolvendo-as ao oceano.

- Por que está a fazer isso? – perguntou o escritor, curioso.

- E então? – disse-lhe o jovem num sorriso, sem parar o que fazia. Já reparou que a maré baixou e o sol está a brilhar forte? Se estas estrelas ficarem aqui na areia, vão secar ao sol e morrer!
O escritor achou bonita a intenção do jovem, mas deu um sorriso cético e comentou:
- Só que existem milhares de quilômetros de praia por esse mundo, meu amigo.

Centenas de milhares de estrelas-do-mar devem estar espalhadas por todas estas praias, trazidas pelas ondas. Você estando aqui a devolver umas poucas ao oceano, que diferença faz?
O jovem olhou para o escritor, agarrou mais uma estrela da areia, atirou para a água do mar, voltou a olhar para ele e disse:

- Para essa, eu fiz a diferença.

No dia seguinte, de manhãzinha, o escritor foi passear novamente na praia. O jovem aproveitava as primeiras ondas do dia. Juntos, com o sol ainda sereno, começaram a atirar as estrelas-do-mar de volta para o oceano e juntos fizeram a diferença.