Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

O refugiado que não abandonou a sua cadela

Aslan já teve de percorrer mais de 500 quilómetros a pé, mas nunca pensou sequer em deixar a sua cadela, Rose, para trás.

Poucas são as coisas que carrega consigo durante esta viagem desde Damasco, capital da Síria, até à Europa, mas Rose nunca deixou de o acompanhar.

Refere que teve dificuldades em atravessar o Mediterrâneo com o animal, mas não aceitou um não como resposta. Quando perguntaram ao rapaz de 17 anos por que não deixou a cadela na Síria a resposta é simples: "Porque a amo, preciso dela".
refugiado que não abandonou a sua cadela