Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Porque nos damos tão bem com os nossos patudos

Os cães são animais de companhia generosos, que fazem parte da família, e interagem de forma intensa, partilhando experiências e muita emoções com os seus tutores.

Existem alguns factos curiosos que podem explicar parcialmente esta relação que se criou entre humanos e pets:

Porque nos damos tão bem com os nossos patudos


Os cães conseguem identificar cerca de 160 palavras

Um estudo universitário, da University of British Columbia, veio confirmar que existem raças de cães que chegam a perceber mais de 200 palavras. Também identificam sons, tons de voz e sinais. Quando comunicamos com o nosso patudo, é importante ter em conta que a postura, o tom de voz e a atitude corporal vão influenciar a forma com o pet interpreta o que estamos a transmitir.


Os tutores têm muitas vezes uma relação maternal ou paternal em relação aos seus cães

Quando cuidamos dos nossos patudos, a segregação de oxitocina estimula essa relação emocional, tal como numa relação biológica entre pais e filhos.


Por vezes temos a sensação de que os cães ficam com comportamentos semelhantes aos tutores

Será possível? Na verdade, sim. Os cães são temperamentais e, se o ambiente onde vivem for sociável, eles serão mais sociáveis. O contrário também é válido. Se estiverem num ambiente muito passivo ou agressivo, isso vai refletir-se no seu comportamento. Os cães podem ficar aborrecidos e deprimidos tal como os humanos.