Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Quais são as maiores borboletas do mundo?

Ficamos felizes com a sua presença enquanto caminhamos pelo parque ou apreciamos a vista em nossa varanda. Nós adoramos suas cores e sua majestade no ar.

1. Borboleta asa-de pássaro
Apenas pelo seu nome já conseguimos ter uma ideia de que se trata de uma das maiores borboletas do mundo. Seu nome científico é Ornithoptera alexandrae e ela habita a Papua-Nova Guiné, pode atingir 31 centímetros (as fêmeas, já que os machos são menores, com 20 centímetros ao abrir suas asas).
Os espécimes femininos são castanhos e amarelos, e os machos são verdes e pretos.


Borboleta asa-de pássaro

2. Borboleta-imperador
Seu nome científico é Thysania agrippina. Pertence à família dos Erebidae.
A borboleta-imperador é cinza ou branca com manchas castanhas e pretas. Ela combina perfeitamente com os troncos das árvores e se distribuí por toda a América Latina, principalmente no México. Esta é uma borboleta noturna.
 Borboleta-imperador

3. Borboleta do bicho-da-seda
A borboleta do bicho-da-seda vive na Índia, embora tenha sido introduzida em outros países como o Japão, a Austrália, o Canadá, os Estados Unidos, a Espanha, o Brasil e a Suíça. Ao abrir suas asas, pode atingir  cerca de 28 centímetros.
Borboleta do bicho-da-seda

4. Borboleta-pavão
A Saturnia pyri é uma borboleta noturna.
Apresenta um dimorfismo sexual bastante pronunciado, já que as fêmeas têm um abdômen mais arredondado e grande; já os machos têm antenas com pelos mais longos.
Em ambos os casos, as asas têm ocelos semelhantes aos olhos das corujas. Com este ‘design’, assusta seus predadores. A borboleta-pavão voa durante o crepúsculo e à noite.
Os adultos vivem apenas uma semana e não se alimentam: sua única função é se reproduzir.
borboleta-pavao

5. Borboleta-zebra
A última das maiores borboletas do mundo é tão peculiar por causa da cor das suas asas: listradas de branco e preto. A charitonia Heliconius vive na América e no Caribe, principalmente no sul dos Estados Unidos, México, Panamá, Costa Rica, Colômbia, Venezuela e Equador.

É uma borboleta muito popular devido a sua grande atividade diurna e sua longa vida útil.
À noite, elas se agrupam em ‘famílias’ de até 70 indivíduos ao redor das árvores.

borboleta-zebra