Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Uma caixa, dois gatos

Quando tem alguma caixa de cartão aqui em casa, o cenário é este. De repente viro e lá estão os dois, o Sr. Pepe e o Sr. Gattuso. Mas até que ficaram bem instalados.

O Gattuso foi primeiro, o Pepe viu e também foi. É uma brincadeira tão divertida e que não custa nada a quem tem gatos. Quando vou ao supermercado trago uma caixa para eles brincarem.

Pepe e Gattuso

O Gattuso e a caixinha

É assim quando tem uma caixa ou caixinha cá em casa, os felinos brincam logo, desta vez o Gattuso meteu-se lá na caixa, um pouco pequena mas lá se arranjou, achei graça que até mereceu uma foto.

Adoro meu menino pretinho, tão lindo e meigo!!!

gattuso

gattuso

Como uma simples caixa traz felicidade

Uma caixa, dois gatos e felicidade garantida é assim que descrevo quando dou uma caixa de cartão aos meus gatos, um brinquedo tão simples, barato e que dá bons momentos de alegria o que me deixa feliz. Para quem é dono (a) de animais, seja gatos, cães, roedores, pássaros entre outros, ver os nossos animais felizes também ficamos.

Gattuso

Gattuso e Pepe caixa.jpg

Gattuso

 

 

Quando o gato deita na caixa de areia

caixa-de-areia-gatos-3.jpg


 


Quero falar hoje sobre um assunto delicado e que não deve passar despercebido, gato que se deita na caixa de areia. Vi uma publicação num insta que sigo e todos acharam bonitinho a atitude do gato. Mas infelizmente isso muitas vezes é sinal de depressão profunda e extrema baixa estima. É como se o gato dissesse: eu não tenho valor, sou tanto quanto o que enterro. No entanto, se ele tem mais de uma caixa e costuma se deitar na limpa, isso pode ser apenas um hábito. Vale a pena observar.

No entanto,cesse habito do gato  pode e deve ser tratado. Em casos extremos é necessário uso de antidepressivos de uso animal, mas na maioria dos casos mudanças de atitude e ajustes podem ajudar.


  • Deixe a caixa de areia exposta. Cuidei de um caso onde tivemos que deixar a caixa no meio da sala por uma semana. É só o tempo necessário para o gato não mais fazer da caixa um refúgio.

  • Brinque com o gato. Faça brinquedos de interesse pra ele, que o faça usar seus instintos de caçador. Deixe-o cansado.

  • Providencie uma janela segura para que ele possa ver a rua.

  • Crie um lugar de refúgio para ele, pode  ser aquelas casinhas ou árvores de gato.

  • Se possível, crie o hábito de levá-lo para passear.

  • E nunca lhe deixe faltar amor.