Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Idosa pede para adotar um gato ao comemorar seu 103º aniversário

Em seu aniversário de 103 anos, Lillian Grant pediu para celebrar a data com um gato adotado em seus braços. A solicitação da senhora que mora no asilo Ridgeview Gardens Assisted Living, em St. George, Utah, surpreendeu a todos.

Lillian e seu gato

Antes da festa, a administradora do centro de convivência para idosos, Debbie Presland, perguntou o que Lillian gostaria de fazer em seu aniversário. A senhora não pensou duas vezes e disse: “Quero um gato doce como Sammy”.

O gato de Lillian, Sammy, faleceu há alguns anos e a idosa sentia muito a sua falta.

 

No dia da festa de Lillian, um funcionário do abrigo aproximou-se da senhora e a presenteou com um lindo gato de 9 anos de idade.

O ato de Lillian mostra que a idade não impede a manifestação de amor e carinho para com os animais. Ao adotar um gato, Lillian provou que é possível fazer muito pela causa animal com pequenos gestos.

A lenda dos gatos carey

Sobre a origem destes belos animais, conta a lenda que o sol queria passar um tempo na Terra. Por esta razão, ele pediu à lua para ajudá-lo, para que os humanos não notassem sua ausência no céu.

A lenda dos gatos carey

Assim foi que, enquanto o nosso satélite eclipsou o rei sol, este se incorporou em uma linda gata preta para passar despercebido entre nós. Mas aconteceu que a lua se cansou dessa tarefa e retirou-se do céu, forçando o sol a voltar rapidamente para ocupar o seu lugar.

 

Foi então que, ao sair apressadamente do corpo da gatinha, deixou em seu manto alguns de seus raios; que geraram um grande número de tons dourados. Este detalhe particular no manto foi então herdado por todos os filhotes da gata.

 

O que os grous de Origami simbolizam?

O origami é a arte de fazer objetos com papel e possui milhares de anos. No entanto, os grous de Origami, que conhecemos tão bem, foram “inventados” há menos de um século.

grous de origami

Tudo aconteceu nos anos 40 durante a guerra de Hiroshima, que resultou na explosão de uma bomba atômica. Naquela época, uma menina chamada Sadako Sasaki estava muito doente por ter sido exposta à radiação. Enquanto ela estava no hospital, sua amiga Chizuko aconselhou-a a fazer grous de papel, já que, se ela chegasse aos mil, ela poderia fazer um pedido.

 

É claro que o dela seria ser curada da doença que a afligia, mas ela também queria que a guerra terminasse. A menina não atingiu seu objetivo, já que morreu depois de fazer o número 644, mas seus amigos continuaram com a ‘missão’ que se tornaria conhecida em todo o mundo e que simbolizaria a paz a partir daquele momento.

 

Em homenagem à menina, foi construída uma estátua onde ela é vista com um grou na mão. Todo dia 6 de agosto, crianças de todo o país e do mundo enviam seus origamis como oferenda e sinal de respeito. No Japão, os grous de Origami são dados para desejar à outra pessoa saúde, felicidade, bem-estar e prosperidade.

Além disso, eles também podem ser dados a uma pessoa que amamos muito.

 

Curiosidade sobre o Pepe

O Pepe quando nasceu era branquinho como um algodão, olhos azuis cor do céu, foi amor a primeira vista. Depois foi crescendo e ficando mais beje. Vejo poucos gatos como ele. E por causa disso uma vez surgiu uma curiosidade, uma pessoa disse-me assim:

 

-Olha dos gatos que já vi na rua nunca vi um igual ao Pepe.

E eu pensei realmente é bem verdade.

As vezes vejo fotos na net parecidos com o Pepe, só muda a maneira de olhar.

Quem tem gatos assim sabe como são doces.

Pepe