Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Como atrair borboletas para o jardim

O sol, o calor, cores quentes, bem como as flores são elementos que vão atrair borboletas para o jardim da sua casa. Embora sejam mais ativas na primavera e no verão, podemos atrair borboletas para o nosso jardim durante todo o ano, se lhes oferecermos o que mais gostam. Isto é, flores!

borboletas

Vamos damos algumas dicas para receber visitas desses amigos coloridos em casa.

Algumas lendas dizem que borboletas são as almas daquelas pessoas que não estão mais lá, mas que vêm cuidar de nós e nos proteger. Esses insetos coloridos que tanto amamos podem aparecer em nosso jardim, se lhes fornecermos tudo o que precisam.


1. Escolha plantas amarelas e laranjas

Borboletas são atraídas por essas cores (também vermelhas), por isso, recomendamos que você plante o mal-me-quer, girassóis, gerânios, margaridas e crisântemos.


2. Crie um espaço ‘ensolarado’

Outra coisa de que borboletas gostam é sol e calor. Portanto, procure um lugar em seu jardim onde elas tenham muita luz do dia para interagir com as plantas. Elas adoram tomar banhos de sol ao meio-dia.


3. Plantações com flores

Para ter borboletas durante todo o ano, ou pelo menos uma grande parte da temporada de verão, deve haver plantas com flores em seu jardim.


4. Cultivar áreas de flores

Além de escolher as flores com tons de laranja, para atrair borboletas, você pode formar diferentes jardins ou áreas que vão chamar a atenção delas.

 

 

De norte a sul do país há jardins zoológicos

E se aliasses ao sol do verão, aventuras ao lado de animais? De norte a sul do país há jardins zoológicos e parques aquáticos onde podes passar as férias em contacto com répteis, aves e muito mais!


girafas


Parque Biológico de Gaia
Se estás no norte do país podes visitar o Parque Biológico de Gaia. Todos os seres vivos que se encontram para fim educacional neste parque chegaram ao local com graves lesões (a maioria relacionadas com a prática de caça) irrecuperáveis. Há também muitas espécies que emigram para Gaia à procura de alimento e conforto. A cada passo que dês vais encontrar seres vivos em liberdade pelo parque: falcões, cegonhas, pavões, cágados, patos, entre outros. Há, ainda, várias exposições a decorrer todo o ano.


No final, tens a possibilidade de adotar um novo amiguinho, se prometeres cuidar bem dele e serem os melhores amigos.


Grátis até aos 6 anos; dos 7 aos 17 pagam 1€, e adultos 3€


 


Badoca Safari Park


O safari, em Santiago do Cacém, permite que estejas em contacto direto com lémures, pequenos primatas, da Ilha de Madagáscar e ameaçados de extinção. A adrenalina chega com o Rafting Africano, 500 metros de águas turbulentas.


Grátis até aos 3 anos; dos 4-10 anos: 15,90€


 


Parque Biológico


Este parque, em Vinhas, possui uma ampla variedade de vegetação e de espécies. Há passeios a cavalo, de burro e pedestres e é, ainda, possível pernoitar.


O preço de visita é grátis até aos 6 anos e dos 7 aos 18 anos custa 1,5€


 


Ornitológico


O parque Ornitológico, em Santa Maria da Feira, dá-te a possibilidade de seres tratador por um dia. Podes ainda ver várias espécies de aves, como araras, cisnes, urubus, entre outros.


Gratuito até aos 5 anos, dos 6-12: 3€; maiores de 12 anos: 4€


 


Fluviário de Mora


Este aquário público é dedicado a ecossistemas de água doce. A atividade “monstros do rio” mostra-te peixes de grande dimensão, mas é no lago que vais encontrar duas amigas lontras, cobras-de-água e ainda plantas marinhas.


Preço 3-12 anos: 4,90€; dos 13-64 anos: 7,20€


 


 

O Natal chegou ao jardim zoológico

Frutas e vegetais não estão na lista dos presentes de Natal que, tipicamente, costumam calhar no sapatinho. Mas, para os animais do jardim zoológico de Veszprem, Hungria, foram as prendas ideais. Esta sexta-feira, tigres, chimpanzés e outros primatas sentiram o espírito natalício.


 


ng8002402.jpg


ng8002392.jpg


ng8002399.jpg


ng8002398.jpg


 

Toupeira no jardim

 


Lembrei de contar-vos a história da toupeira no jardim. No verão do ano passado, em meados de Agosto apareceu uma toupeira no meu jardim. Primeiro tinha reparado que algumas plantas estavam secas ou morriam e vi que as raízes dessas plantas tinham desaparecido. As toupeiras alimentam-se de quase tudo que tenha plantado no jardim,


e como só tinha plantas ela alimentou-se das raízes.


 


singularidades_toupeira_01.jpg


 


Sinceramente não cheguei a ver a toupeira, mas pelos buracos que o jardim tinha, ela andava por lá. Tive receio da toupeira por nunca ter visto, mas disseram-me que as toupeiras apesar de não ter um aspecto tão bonito, não fazem mal a ninguém.


Depois claro veio o inverno, a chuva, o frio e a toupeira desapareceu.


 


Mas gostava de ter visto a toupeira, só por curiosidade, acho interessante conhecer uma animal que nunca vi.


E vocês já viram uma toupeira ao vivo?


Qual foi a vossa reação?