Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Amigos dos Animais

Este blog tem o intuito de ajudar os nossos leitores a entender melhor os seus animais.

Porque algumas pessoas não gostam de animais?

A relação com os animais é um assunto que gera opiniões e sentimentos diferentes. Há muitas pessoas que os amam e os tratam quase que como humanos, mas por que outras não gostam de animais?

cães

Frequentemente, nas redes sociais, observamos opiniões diferentes entre os usuários causadas por seus sentimentos em relação aos animais. Há proprietários que sentem um imenso amor por cães, gatos, cavalos e outros tipos de animais de estimação, e outras consideram exagerado o tratamento que esses seres recebem.

 

Por exemplo, a consideração e o respeito pelos animais é o que move os veganos a não consumirem nenhum produto de origem animal. Exagerado ou correto? Todas as opiniões são úteis. Mas o que todos têm de concordar é que é uma posição respeitável.

 

Se há certas pessoas que não gostam de animais, isso não significa que elas sejam frias ou egoístas. Pelo contrário, elas podem ser extremamente amorosas no relacionamento com outras pessoas.
Da mesma forma, há pessoas isoladas ou que são retraídas, que não têm vínculos com outros seres humanos. Essas pessoas muitas vezes se refugiam nos animais e direcionam para eles todos os seus afetos.

Gatos que bebem água com a pata, saiba porque

Os gatos têm um bom motivo para beber água com a pata, e é um motivo muito sério: os bigodes. Quando a taça de água é estreita, a pontinha dos bigodes encosta na beirada dela, e isso é muito desconfortável para um gato. Os bigodes deles são extremamente sensíveis e ter algo roçando na ponta deles chega até a fazer cócegas!

gato

Por isso, molhar os bigodes é uma sensação pior ainda! Alguns gatos se sentem muito incomodados, e a forma genial que descobriram para evitar isso é, levar a água até a boca em vez de a boca até a água – bebendo com a pata!

 

O segundo motivo é mais racional: para medir o nível da água e não dar de focinho nela. Além de ser muito chato molhar o nariz, uma focinhada na água ia ser mais um incômodo para os bigodes. Melhor prevenir antes sentindo a que altura a água está. Espertos, não?

 

Porque você deve esterilizar o seu gato?

A esterilização ou castração de animais domésticos é um sinal de responsabilidade. Além de ser uma forma de evitar a procriação sem controle, e muitas vezes indesejada, evita o abandono.

gatos

As vantagens de castrar o animal são muitas, tendo em consideração que isso também ajuda a diminuir os transtornos de comportamento associados ao cio. Por isso, a seguir, veremos alguns motivos que explicam o porquê da castração ser tão importante para os gatos.

 

Muitas pessoas têm dúvidas acerca dos benefícios que traz a esterilização do seu animal de estimação. Acreditam que, quando castram o bichinho, ele fica privado de se reproduzir. Apesar de isso ser verdade, é muito mais importante considerar que essa decisão previne a procriação sem controle, os filhotes não desejados e o posterior abandono.

Os gatos são animais muito férteis, que passam por vários cios ao longo do ano e em cada ninhada pode chegar a dar à luz a até 7 gatinhos. Muitos dois quais, lamentavelmente, ficam nas ruas. Ao castrar o seu gato, você opta por uma atitude responsável frente a capacidade de escolher.

Porque gostamos tanto de animais?

Muitas pessoas gostam dos animais. A maioria gosta de cães e gatos, outros preferem peixes, iguanas ou outros tipos mais exóticos. Até as pessoas que não apreciam muito os animais, provavelmente já sentiram afeto por algum animal. Mas porque gostamos tanto deles assim? Seria porque os vemos como um verdadeiro amigo e companheiro? Ou então porque gostamos de brincar com eles? De admira-los?

amigos dos animais

Procuramos o calor dos animais porque não importa o dia, a hora ou o momento: seu animal de estimação estará sempre a sua espera, ele conhece-te, sente sua falta e será, sempre, um fiel companheiro. Como por exemplo, um cão irá correr para você quando você chega a casa; um gato se dá turrinhas em sua perna…


Os animais são cativantes, todos eles merecem nosso respeito e cuidado, independente de serem ou não domésticos. Nós temos o dever de preservar todas as espécies.

Porque meu gato lacrimeja tanto?

Normalmente não se trata de nada preocupante e limpando um pouco os olhos solucionamos o problema, mas dependendo da cor das lágrimas, do estado do olho e da duração do lacrimejo podemos saber o que está acontecendo com o nosso gato e de que forma devemos agir.


cuidar-olhos-gatos (2).jpg


 


Objeto estranho no olho


Se as lágrimas do seu gato são claras e vê que o seu olho está saudável, ou seja, não está vermelho, pode ser que simplesmente tenha algo dentro do olho que o está irritando, como um grão de pó ou um pelo. O olho tentará expulsar o objeto estranho de forma natural produzindo um excesso de lágrimas. No caso de o problema perdurar durante mais de um dia deverá levá-lo ao veterinário, uma vez que este tipo de lacrimejo deveria durar apenas um par de horas.



Lacrimal bloqueado ou epífora


O canal lacrimal é um tubinho situado numa extremidade do olho que faz com que as lágrimas saiam até ao nariz. Quando este está bloqueado produz-se um excesso de lágrimas que caiem pelo cara. Com o pelo e a humidade constante produzida pelo lacrimejo provocam-se irritações de pelo e infecções.


 


Se foi provocado por uma infecção, as lágrimas serão amareladas e o profissional será quem decidirá a administração ou não de antibióticos ou anti-inflamatórios. Quando se trata de uma pestana que está crescendo para dentro é preciso removê-la através de um procedimento cirúrgico muito simples.



Alergia


Os gatos podem sofrer alergias, tal como as pessoas. E, da mesma forma, podem acontecer por qualquer coisa, quer seja pó, pólen, etc. Além de alguns sintomas como a tosse, espirros e coceira no nariz, entre outros, a alergia também provoca secreção ocular. Deverá levá-lo ao veterinário para que faça exames.


 

Porque o meu cão ronca?

Existem muitas doenças semelhantes às nossas que os cães podem vir a sofrer. Além disso, podem apresentar anomalias que nós temos. Por exemplo, muitos se preocupam com os roncos dos nossos animais de estimação. Mas, como acontece em nosso caso, quando um cão ronca, faz isso por um motivo.


x32021-Sleeping-Bulldog-pup-8-weeks-old-white-back


Nem todos os bichinhos roncam, por isso, não é algo que seja originário da espécie, mas sim que acompanha o cão de maneira individual. As causas dos roncos nos cães podem ser variadas. De fato, existem cães mais propensos que outros a isso. Por exemplo, os bichinhos com focinhos achatados roncam muito, devido a sua anatomia e ao seu sistema nasal peculiar.


 


Já que os ossos de seu focinho são mais curtos e estreitos do que o normal, o ar tem menos espaço para chegar aos pulmões e fica batendo nas paredes do focinho. Isso ocasiona um ruído que parece ronco e obriga o animal, muitas vezes, a respirar pela boca. Embora não consigam respirar pela boca, o simples ruído que seu focinho faz já soa como roncos, e são reproduzidos, frequentemente, não só quando dormem.



Existem anomalias que podem fazer com que nosso cão ronque. Por exemplo, um excesso de mucosidade. Isso provoca um bloqueio e estreitamento do canal por onde deve chegar o ar aos pulmões. No entanto, os roncos também podem ser um aviso de uma doença mais grave, como infecções nas vias respiratórias ou na garganta, ou, inclusive, tumores no focinho.


 

Lobo uivando para a lua - a lenda

Existe uma lenda antiga que conta que durante uma noite escura, a lua desceu até à terra para descobrir os mistérios dela. Quando chegou perto das árvores, ficou presa nos ramos delas. Foi um lobo que a libertou e, durante toda a noite, a lua e o lobo compartilharam histórias.


lobo-uivar.jpg


A lua ficou apaixonada pelo espírito do lobo e, num ato de egoísmo, levou a sombra dele para recordar para sempre essa noite. Desde esse dia, o lobo uiva desesperadamente para a lua lhe devolver a sombra dele.


Paralelamente à magia e a outras crenças de difícil explicação, sabemos que a terra é afetada pelos astros que se encontram no universo. Existe uma influência real e física entre os astros e o nosso planeta. Durante milhares de gerações, os agricultores e pescadores adaptaram o trabalho deles de acordo com as fases da lua.


 


Porquê? A lua tem um movimento mensal e periódico de 28 dias nos quais reproduz de forma exata o movimento anual do sol. Todos nós, amantes dos animais, estamos de acordo que o uivo lo lobo é um fenômeno muito impactante e cativante. Os lobos, tal como outros animais, utilizam a fonética para se comunicarem com outros indivíduos.


 


A ciência diz-nos que os lobos não uivam para a lua. Porém, é possível que a lua cheia influencie de alguma forma o comportamento destes animais e que isso se reflita num aumento de intensidade e frequência dos uivos. A morfologia e a própria natureza das relações sociais destes animais, levaram a que se perpetuasse esta ideia tão popular e que continua a parecer mágica!


 

Porque alguns gatos seguem os donos

Se é um orgulhoso dono ou dona de um felino, certamente que já se perguntou porque o seu gato o segue o tempo todo. É natural que aquelas pessoas têm um bom vínculo com o seu gato.


gato-mascarado-preto-e-branco-black-white-cat.jpg


 


Quando são filhotes, os gatinhos seguem a sua mamãe para todo o lado, desta forma aprendem tudo com ela e ao mesmo tempo sentem-se mais seguros. Muitos donos, embora o gato seja adulto, mantêm uma relação paterno-filial com ele, tal como o faria a sua mãe.


 


Precisamente por este motivo não é de estranhar o que seu gato o siga o tempo todo para todos os lados. Ao estar longe da sua mãe e filhos, o gato precisa de uma base segura na qual se possa apoiar e essa base é você. Sabe que com você estará protegido e todas as suas necessidades estão garantidas. Isto, como é óbvio, será retribuído com o seu amor e companhia incondicional.


Da mesma forma, por vezes os gatos de rua perseguem as pessoas desconhecidas, especialmente se estas já têm gatos em casa. Talvez algo no seu odor lhes indique que estarão bem com você e que podem fazer parte do seu "grupo". Ou talvez queiram apenas um pouco de comida, água um simples carinho.


 


Ao contrário do que se acredita, o gato realmente gosta de passar tempo com a sua família humana, visto que o enchem e amor, carinhos e mimos, quem consegue ficar indiferente a isso? Com o passar dos anos os gatos são cada vez mais sociáveis, por isso adoram estar com você, o que significa seguir para ver o que você está fazendo.


 

Passear o cão sem trela? Porquê?

Com este artigo, pretendo alertar e sensibilizar as pessoas de que, enquanto tutores, nós somos responsáveis pelos nossos cães e por terceiros que se possam cruzar no nosso percurso e ter contacto direto com os nossos cães. Por muito sociável e obediente que o nosso cão seja, uma coisa é certa, NINGUÉM TEM O CÃO PERFEITO! E é com esta afirmação que pretendo fundamentar o porquê de aconselhar todos tutores a passearem os seus cães de trela, a partir do momento que saem de casa.


 


ScreenShot001.jpg


Obrigatoriedade por lei – O Decreto-Lei nº 314/2003 de 17 de Dezembro (Artigo 7) especifica que TODOS os cães são obrigados a andar de trela na via pública, independentemente de ser uma raça "potencialmente perigosa" ou não!


 


A segurança do cão – A trela é uma ferramenta que nos permite ter maior controle sobre as ações do nosso cão. Desta forma podemos prevenir que ele coma algo que não deva, que beba água que possa estar imprópria para consumo, que entre numa propriedade privada, que vá atrás de uma cadela ao cio... entre outros. O seu cão pode atravessar uma estrada e pode por a própria vida e a vida de um automobilista em risco.


 


Respeitar as outras pessoas – Todos nós conhecemos pessoas (adultos ou crianças) que por experiências passadas, ganharam medo a cães. Imagine que uma dessas pessoas está na sua caminhada habitual e de repente vê o seu cão (sociável) sem trela que corre na sua direção. Como é que acha que esta pessoa se vai sentir? Pense nestas pessoas que têm medo a cães e respeite-as!


 


Em prol da lei que vigora no nosso país, em prol da segurança do seu cão e em prol das outras pessoas e dos outros cães, use sempre a trela quando for passear o seu cão!


 

Porque os gatos são tão independentes?

Os donos de gatos não podem negar que eles são mais do que independentes. Os gatos são de certa forma solitários e quase autossuficientes (não precisam de nós nem para comer, nem para se defender). Apesar de terem cada vez se tornado menos selvagens e se acostumado às comodidades do lar, também trarão à tona seu lado felino quando você menos esperar.


gato-vira-lata.jpeg


 


Embora sejam animais sociáveis, os gatos gostam de interagir com os seus donos mas não dependem 100% deles para ficar em segurança. Essa característica independente e solitária é própria da espécie (os tigres ou leões, por exemplo, saem sozinhos para caçar).


 


O gato está substituindo o cachorro como animal de estimação “por excelência” na Europa. Deve-se ao fato que muitas pessoas passam várias horas fora de casa. Por não terem que se preocupar em levá-lo para passear ou alimentá-lo duas vezes por dia.


 


Já que não precisam buscar no outro o refúgio ou a segurança, os gatos vivem mais “tranquilos” mesmo que os donos deles não estejam. Motivos na hora de decidir adotar um gato como animal de estimação:


 



  • Você não deverá se preocupar em levá-lo para passear.

  • Adapta-se a um apartamento pequeno ou a uma casa.

  • É um animal muito inteligente e não precisa de instruções em excesso.

  • Usa o w.c sozinho.

  • Pode se divertir ao ver como ele brinca com um novelo de lã.

  • É muito limpo e higiênico.

  • É ideal para pessoas que trabalham muitas horas fora de casa.

  • Costuma ser um animal de estimação perfeito porque não precisa de muitos cuidados.